quarta-feira, 24 de março de 2010

O Transporte escolar de Malhador e Itaporanga é denunciado no Jornal Nacional


Escrito por sintese   
Qua, 24 de Março de 2010 10:00
Veja matéria exibida no Jornal Nacional no site www.sintese-se.com.br sobre as dificuldades de estudantes das redes municipais de Itaporanga e Malhador no uso do transporte escolar. A situação já havia sido denunciada pelo SINTESE. 
Com todos os desafios que o Brasil tem pela frente na área de educação, estudantes do interior sergipano estão sofrendo para chegar às salas de aula. A reportagem é de Carla Suzanne e Zé Mário.

A mesma direção no horário de sempre. Estudantes da zona rural seguem o caminho da escola, uma dura rotina, debaixo de um sol de quase 40°C. Meia hora até a parada de ônibus e quando ele chega nunca está como deveria.

"A gente toma banho e chega na escola todo suado. Às vezes, não dá nem gosto da pessoa ir para a escola", contou o estudante Douglas Alves.

No município de Itaporanga d'Ajuda, o veículo pago pela prefeitura não serve só aos estudantes. "Esse horário, pega as pessoas, leva para o povoado e traz os alunos pra cá", disse a dona de casa Miralda Santos.

Mais ao norte do estado, em Malhador, crianças e adolescentes vão para a escola em ônibus com lataria danificada, poltronas destruídas, tudo é muito ruim. Faltam vidros nas janelas e cintos de segurança. "Esse ônibus é bem complicado porque a pessoa vai se sentar e não tem lugar certo para se sentar. Não tem como a gente ir no ônibus escolar assim", afirmou a estudante Lígia Maria Castro.

Todos os dias de segunda a sexta, pela manhã ou pela tarde, o mesmo sacrifício para mais de 50 crianças e adolescentes, e quando falta espaço o jeito é seguir apertado. O ônibus tem capacidade para 45 passageiros, mas leva 60. “Sempre é assim e, às vezes, até pior quando vem mais gente".

A viagem dura longos 40 minutos. Só mesmo uma boa causa para não abandonar os estudos. “Conseguir um objetivo melhor nessa vida para a gente. Querer ser alguém no futuro, arrumar um bom emprego”.

A prefeitura de Malhador informou que o transporte dos estudantes é terceirizado e que vai pedir a substituição dos ônibus à empresa responsável.

O secretário-geral de Itaporanga d´Ajuda, Edvaldo Moraes, considera normal que o ônibus seja usado pela população quando não está levando estudantes.

O Código Brasileiro de Trânsito determina que os ônibus usados no transporte escolar tenham cintos de segurança.

fonte: www.sintese-se.com.br

Nenhum comentário:

Sobre o que já postamos

BOQUIM SERGIPE piso professores GREVE prefeito sintese luta Brasil PISO SALARIAL vereadores Déda Jean câmara Aracaju Lagarto Pedrinhas STF 2012 2014 Alencar Amigos BLOCO CARREIRA DEPUTADOS LAGOA VERMELHA MP PNE PRE-CAJU Tribunal de Contas chile ditadura enterro escolas governo magistério mec micareta prefeitura prova 12 de junho 141anos 150 dias 1567 2010 2016 ADI AZAR Abelardo Romero Dantas Alô Associação BANDA LARGA BODE Bahia CAE CANDIDATO CLT CNBB Carmem Miranda Ciarlos Conae Copa do mundo Creches DIA DO BEIJO ESTADUAL EUA Edivaldo Educação Estado Estância FESTA FIFA HINO IBGE INTERNET Iluminação Interior José José Comblin LAN HOUSE Lula MARCELO DEDA MDE MICARETA 2012 México Natal OAB Obama PAREDÕES PRAÇA RCB RESISTÊNCIA SE SEXTA FEIRA 13 TV Tabaroinha Taxa UFS Zé Carioca acidente adefib ai se eu soubesse aliança angra 1 angra 2 aniversário anos arcaju argentina.brasil assembleia. assim você me mata atomicas atrasado aulas bardosa batismos campanha censura cidadania cidade concursado contratados copertalse cravo dança das cadeiras dem denúncia dia dos namorados direitos edil energia escravos esquerda estudantes expressão fhs floro frei betto fundação hospitalar de saúde globo golpe militar hegemonia humanos iran japão jovem jovens joão junho kw/h lei liberdade libertação livro líder manifestações merenda merendeira micareta 2011 morte médicos mídia nacional notas novela nucleares oposição pacientes padre pascoa pedro barbosa polícia militar política prefeitos presidente pt páscoa quaresma reforma republica riachão rojões santana sbt secretaria segurança pública sindipema smecelt tabela tarifas teologia da libertação trânsito universitários usinas verdade vereador vice violencia voto