quinta-feira, 11 de março de 2010

A Quaresma e os políticos. As três tentações de Jesus e as tentações dos políticos

Arnaldo Zenteno S.J.
(Da Equipe de Serviços da CNP. Comunidades Eclesiais de Base de Nicarágua)
Fonte: http://www.adital.com.br

Tradução: ADITAL


Nas leituras da Quaresma, o Evangelho nos apresenta três tentações que Jesus enfrentou e superou. Eram tentações que queriam desviá-lo de sua missão como Messias a serviço do povo. E essas três tentações, apesar de que todos nós passamos por elas, de maneira especial os políticos as enfrentam. Poderão vencê-las?
1ª. TENTAÇÃO: O PROVEITO PRÓPRIO. Se és o Messias; se és dirigente faz com que essas pedras se convertam em pão para saciar não a fome do povo, mas tua própria fome. É a tentação de usar seu messianismo em seu próprio proveito. Não se busca em primeiro lugar a vontade de Deus, o amor e a justiça; mas, em primeiro lugar são vistas as necessidades pessoais do dirigente. Jesus multiplicou os pães; porém, para o povo e não para ele mesmo.
E quantos políticos usam seu poder em benefício próprio! Não veem as necessidades do povo com fome. Eles, que eles que já estão fartos, acumulam mais e mais bens; melhores e melhores salários em dólares.
2ª TENTAÇÃO: O PRESTÍGIO. O tentador convida: Se és o Messias, atira-te do alto do Templo. Mostra teu prestígio através de obras chamativas, prodigiosas... Esse Messias seria muito diferente do apresentado por Isaías e do que Jesus encarna; ou seria muito distinto do Messias Servidor Fiel e Humilde que está disposto a dar a vida.
Porém, quantos políticos buscam a fama, o prestígio, o renome, aparecer nas inaugurações dos centros de luxo ou querem ser considerados benfeitores devido às suas ‘boas e desinteressadas’ obras!
3ª TENTAÇÃO: O PODER. Satã promete: se te prostrares e me adorares, vou te dar a riqueza e o poder sobre as nações. A resposta de Jesus é cortante: somente adorarás ao Senhor! E na Última Ceia Jesus lava os pés dos discípulos e nos diz que "Ele não veio para ser servido, mas para servir e dar a vida por nós. Aquele que queira ser o primeiro, deve tornar-se o último e o servidor de todos os demais". E Jesus nos adverte: "não sejam como os reis que oprimem o povo e ainda querem ser chamados de benfeitores".
Essas três tentações são as que atingem todos os dirigentes e, especialmente aos políticos: usar seu posto, seu cargo, sua influência em primeiro lugar em benefício próprio; buscar a fama e o prestígio antes do bem do povo; e buscar e sacrificar tudo para ter mais riquezas e mais poder. E como estão vigentes essas tentações hoje na Nicarágua? A Quaresma e, especialmente, a Semana Santa, são um chamado de Jesus para que nos convertamos, para mudar nossos passos e não cair em tentação. São também um chamado a não sermos passivos ou indiferentes quando os dirigentes sociais, religiosos ou políticos caiam nessas tentações e oprimam o povo.
De cair nessas três tentações, livra-nos Senhor.
(grifos nossos)

Nenhum comentário:

Sobre o que já postamos

BOQUIM SERGIPE piso professores GREVE prefeito sintese luta Brasil PISO SALARIAL vereadores Déda Jean câmara Aracaju Lagarto Pedrinhas STF 2012 2014 Alencar Amigos BLOCO CARREIRA DEPUTADOS LAGOA VERMELHA MP PNE PRE-CAJU Tribunal de Contas chile ditadura enterro escolas governo magistério mec micareta prefeitura prova 12 de junho 141anos 150 dias 1567 2010 2016 ADI AZAR Abelardo Romero Dantas Alô Associação BANDA LARGA BODE Bahia CAE CANDIDATO CLT CNBB Carmem Miranda Ciarlos Conae Copa do mundo Creches DIA DO BEIJO ESTADUAL EUA Edivaldo Educação Estado Estância FESTA FIFA HINO IBGE INTERNET Iluminação Interior José José Comblin LAN HOUSE Lula MARCELO DEDA MDE MICARETA 2012 México Natal OAB Obama PAREDÕES PRAÇA RCB RESISTÊNCIA SE SEXTA FEIRA 13 TV Tabaroinha Taxa UFS Zé Carioca acidente adefib ai se eu soubesse aliança angra 1 angra 2 aniversário anos arcaju argentina.brasil assembleia. assim você me mata atomicas atrasado aulas bardosa batismos campanha censura cidadania cidade concursado contratados copertalse cravo dança das cadeiras dem denúncia dia dos namorados direitos edil energia escravos esquerda estudantes expressão fhs floro frei betto fundação hospitalar de saúde globo golpe militar hegemonia humanos iran japão jovem jovens joão junho kw/h lei liberdade libertação livro líder manifestações merenda merendeira micareta 2011 morte médicos mídia nacional notas novela nucleares oposição pacientes padre pascoa pedro barbosa polícia militar política prefeitos presidente pt páscoa quaresma reforma republica riachão rojões santana sbt secretaria segurança pública sindipema smecelt tabela tarifas teologia da libertação trânsito universitários usinas verdade vereador vice violencia voto