sexta-feira, 7 de maio de 2010

PISO SALARIAL ...A LUTA CONTINUA...SEMPRE!

1024 enroladinhos foram entregues na manhã do dia 29/04
para a população boquinense para informá-la sobre a luta pelo
seu direito ao piso salarial nacional.
A sociedade boquinense tem assistido desde 2008 a luta pela implantação do PSPN (Piso Salarial Profissional Nacional) e o tema ainda parece ser incompreendido por parte de muitos gestores nos municípios sergipanos que procuram de uma forma ou de outra justificar a não aplicação da Lei Federal Sancionada pelo presidente Lula. 

No último dia 04/05 aconteceu uma audiência com o SINTESE e a prefeitura municipal onde foi colocada a rejeição da proposta do prefeito onde cortaria ainda mais os níveis de graduação dos professores para 15,30 e 40 o que seria uma perda histórica para o magistério boquinense. 
Ainda na mesma audiência foram colocados novos patamares que chegaria em torno de 75,24% da folha - na última proposta defendida pelos professores a folha chegaria a 75,4% onde a regência seria de 18%, e a mudança de nível para 40,50 e 60.
Com os novos patamares o SINTESE fez os cálculos e descobriu perdas em mais de 30 professores.Com esta situação foi decido suspender a assembleia com os professores de Boquim que seria realizada hoje as 15h no auditório Benjamim. 

Na maioria dos municípios sergipanos as prefeituras estão fechando as propostas com o SINTESE em torno de 80% da folha de pagamento. Mas para tal fim foi feita uma verdadeira reorganização da rede onde até Secretários de Educação e seu secretariado dividem sua carga horária de trabalho na secretaria de educação e na sala de aula, além de acabar com contratos sem precisar fazer concursos fazendo os professores em desvio de função retornarem as atividades docentes, as gratificações para os diretores e funções administrativas reduzidas até o patamar de 40% a 70%(a depender do numero de alunos por escola).
Essas atitudes só foram realizadas após intensa luta dos professores e inúmeras audiências entre o sindicato e os prefeitos. Onde não houve negociação os prefeitos como verdadeiros ditadores empurraram para a Câmara de Vereadores e estes aprovaram a sentença da carreira do magistério.
A Lei 11.738/08 garante ao professor em inicio de carreira com nível médio (no máximo 200h) um vencimento de R$ 1024,67 - ou seja quem começasse hoje a trabalhar como professor iria receber no vencimento este valor mais as vantagens da carreira do magistério como a regência de classe - se ele trabalhasse apenas na cidade. Se trabalhasse no povoado receberia além da regência a gratificação de difícil acesso conforme  a distância. 
Acontece que no municipio de Boquim existe uma distorção na valorização do professor quanto a sua remuneração entre outros direitos onde 5 professores com nivel médio com mais de 20 anos de trabalho ganham no total geral (bruto) o valor de R$ 1024,67 e pouco mais de 20 nivel médio com 1 a 2 anos de serviço estão recebedendo no geral com os direitos  564,74 a 819,74 - todos com carga horária de 160 - este valores no mínimo seriam seu vencimento sem as vantagens conforme a Lei do piso. Os professores estão a cada dia desacreditados com esta situação e estão prontos para mais embates se for preciso. Porém percebem que já cederam o suficiente e que a prefeitura de fato concreto corte também na sua própria carne como vem fazendo o magistério boquinense.


Nenhum comentário:

Sobre o que já postamos

BOQUIM SERGIPE piso professores GREVE prefeito sintese luta Brasil PISO SALARIAL vereadores Déda Jean câmara Aracaju Lagarto Pedrinhas STF 2012 2014 Alencar Amigos BLOCO CARREIRA DEPUTADOS LAGOA VERMELHA MP PNE PRE-CAJU Tribunal de Contas chile ditadura enterro escolas governo magistério mec micareta prefeitura prova 12 de junho 141anos 150 dias 1567 2010 2016 ADI AZAR Abelardo Romero Dantas Alô Associação BANDA LARGA BODE Bahia CAE CANDIDATO CLT CNBB Carmem Miranda Ciarlos Conae Copa do mundo Creches DIA DO BEIJO ESTADUAL EUA Edivaldo Educação Estado Estância FESTA FIFA HINO IBGE INTERNET Iluminação Interior José José Comblin LAN HOUSE Lula MARCELO DEDA MDE MICARETA 2012 México Natal OAB Obama PAREDÕES PRAÇA RCB RESISTÊNCIA SE SEXTA FEIRA 13 TV Tabaroinha Taxa UFS Zé Carioca acidente adefib ai se eu soubesse aliança angra 1 angra 2 aniversário anos arcaju argentina.brasil assembleia. assim você me mata atomicas atrasado aulas bardosa batismos campanha censura cidadania cidade concursado contratados copertalse cravo dança das cadeiras dem denúncia dia dos namorados direitos edil energia escravos esquerda estudantes expressão fhs floro frei betto fundação hospitalar de saúde globo golpe militar hegemonia humanos iran japão jovem jovens joão junho kw/h lei liberdade libertação livro líder manifestações merenda merendeira micareta 2011 morte médicos mídia nacional notas novela nucleares oposição pacientes padre pascoa pedro barbosa polícia militar política prefeitos presidente pt páscoa quaresma reforma republica riachão rojões santana sbt secretaria segurança pública sindipema smecelt tabela tarifas teologia da libertação trânsito universitários usinas verdade vereador vice violencia voto