segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Os professores de Boquim entram com indicativo de Greve!


Foi entregue na manhã do dia 30/08 o oficio do SINTESE com a deliberação da ultima assembleia do dia 27/08. Os professores vêm a atitude do Prefeito como mais uma forma de protelar a negociação que se arrasta desde 2008. Como consta no ofício dia 03 de setembro os professores poderão parar por tempo indeterminado caso a prefeitura não priorize um adiantamento da reuniao para a quarta-feira desta semana. Como forma de compromisso com a sociedade a Categoria do Magistério faz uma carta a sociedade boquinense sobre o lamentavel empasse.
Dia 03 de setembro
(PROFESSORES DE BOQUIM VÃO A  GREVE).








CARTA AOS PAIS E A  SOCIEDADE BOQUINENSE
Desde 2008 o magistério de Boquim vem tentando chegar a um acordo com o prefeito Pedro Barbosa. No entanto a primeira resposta a Categoria foi que para ele “não havia necessidade de fazer uma comissão para negociar o piso”.
Em setembro 2009 inventou uma comissão que só fez fermentar o enroladinho do piso: todas às vezes insistiram em privilegiar quem estava fora da sala de aula alem de está pagando professores aposentados com recursos do MDE(que poderiam ser usados para manutenção das escolas e pagamento do auxilio transporte para os professores).
Foi denunciado pelo SINTESE também as estruturas péssimas de escolas da rede municipal como a Geminiano (pov.Garangau) onde banheiros dos alunos estavam sendo usados para depósito, seu piso é de cimento puro e ainda hoje a mesma só tem reparos, e mais reparos.
Gasta os recursos com pinturas e pequenos reparos para encobrir as falhas: crianças do pré-escolar estavam usando TNT para dormir no chão da sala, falta de controle na distribuição da merenda – há dias que vão coentro estragado e até mais pimentão e tomate que outros alimentos, e quando faltam os condimentos os alunos tiveram que comer sem tempero, e as pelancas voltaram em algumas escolas.
Birôs e carteiras (por mais que sejam novos em algumas escolas são de péssima qualidade), em outra com a Luiz Garcia no povoado Muriçoca as carteiras da sala de vídeo foi levada para a cidade e não mais voltaram.
Na escola Manoel Candido (pov.Miguel dos Anjos) e na José Goes Duarte (pov. Pastor - recém reformadas, foram gastos mais de 500 mil reais e as mesmas apresentam problemas estruturais de infiltração e falta de sala de aula e biblioteca para alunos e de professores por área.
Além de ter professores cedidos Arauá, Salgado e Estância ilegalmente contratam jovens como auxiliar de escola para trabalhar na secretaria da escola um turno e o outro como auxiliar de sala (onde muitas das vezes substitui o professor por mais de uma semana).
A maioria dos analfabetos em Boquim são de 15 a 35 anos – o que faz com que se deva ter turmas de Jovens e Adultos formadas e matriculadas no município - ate mesmo para que venha mais recursos para a Educação, porém a prefeitura preferiu adotar programas que não aproveitam a experiência dos docentes que já trabalharam nesta modalidade e que não são contados na matricula da rede.
 É preciso fazer uma chamada pública séria para sanar esse débito com a sociedade.
Os conselhos de controle social como o do FUNDEB e do CAE não avançam nas denuncias porque os presidentes e a maioria que o compõe são pessoas com cargo de confiança ou contratados pela prefeitura. Até no Conselho Municipal de Educação de Boquim a presidência e a maioria tem algum cargo ligado ao prefeito.
Tudo isso já foi e vem sendo constantemente debatido pelos professores e cobrado sua correção porque entendemos que a educação tem que ser discutida em todas as áreas e temos feito nossa parte.   Infelizmente o descaso é notório por falta de uma política pública educacional séria, sem ouvir o professor na base, apenas ordenando e exigindo resultados.
 Lula aprovou o Piso Salarial Profissional Nacional do Magistério e o prefeito Pedro Barbosa nos nega até hoje esse direito.
A proposta dos professores chega a 79%, e a do prefeito 78,9% mas infelizmente tem perdas salariais (tem professor que receberá menos do que recebe hoje).  A média da soma dos repasses do FUNDEB este ano superam a estimativa anual calculada para Boquim pelo Ministério da Educação(MEC). O magistério boquinense faz o estudo encima da média do MEC.
Assim vendo disponibilizado um impacto próximo ao nosso, que não tem perdas, por que não aceitar?
A administração é pública, mas parece pessoal. 
Na última assembleia, dia 27 de agosto de 2010, recebemos um oficio solicitando reunião para o dia 17 de setembro, porém desde o dia 28 de julho estávamos aguardando uma resposta oficial, que não fora dada porque o prefeito estava viajando na Argentina. Não dá mais para esperar tão longe data, é preciso priorizar politicamente a educação!

Por isso ESTAREMOS NAS RUAS sempre que formos humilhados, perseguidos e tenhamos NOSSOS DIREITOS E DOS NOSSOS ALUNOS (SEUS FILHOS) NEGADOS!

Somos todos pela educação, Vem vamos à luta!












                                                                                                                  

Nenhum comentário:

Sobre o que já postamos

BOQUIM SERGIPE piso professores GREVE prefeito sintese luta Brasil PISO SALARIAL vereadores Déda Jean câmara Aracaju Lagarto Pedrinhas STF 2012 2014 Alencar Amigos BLOCO CARREIRA DEPUTADOS LAGOA VERMELHA MP PNE PRE-CAJU Tribunal de Contas chile ditadura enterro escolas governo magistério mec micareta prefeitura prova 12 de junho 141anos 150 dias 1567 2010 2016 ADI AZAR Abelardo Romero Dantas Alô Associação BANDA LARGA BODE Bahia CAE CANDIDATO CLT CNBB Carmem Miranda Ciarlos Conae Copa do mundo Creches DIA DO BEIJO ESTADUAL EUA Edivaldo Educação Estado Estância FESTA FIFA HINO IBGE INTERNET Iluminação Interior José José Comblin LAN HOUSE Lula MARCELO DEDA MDE MICARETA 2012 México Natal OAB Obama PAREDÕES PRAÇA RCB RESISTÊNCIA SE SEXTA FEIRA 13 TV Tabaroinha Taxa UFS Zé Carioca acidente adefib ai se eu soubesse aliança angra 1 angra 2 aniversário anos arcaju argentina.brasil assembleia. assim você me mata atomicas atrasado aulas bardosa batismos campanha censura cidadania cidade concursado contratados copertalse cravo dança das cadeiras dem denúncia dia dos namorados direitos edil energia escravos esquerda estudantes expressão fhs floro frei betto fundação hospitalar de saúde globo golpe militar hegemonia humanos iran japão jovem jovens joão junho kw/h lei liberdade libertação livro líder manifestações merenda merendeira micareta 2011 morte médicos mídia nacional notas novela nucleares oposição pacientes padre pascoa pedro barbosa polícia militar política prefeitos presidente pt páscoa quaresma reforma republica riachão rojões santana sbt secretaria segurança pública sindipema smecelt tabela tarifas teologia da libertação trânsito universitários usinas verdade vereador vice violencia voto