quarta-feira, 6 de abril de 2011

Piso Salarial é vencimento inicial

Por 7 a 2 STF decide: Piso Salarial é vencimento inicial

AUTOR // Caroline Santos fonte:SINTESE
O dia 06 de abril entrará para história do magistério público brasileiro. Professores de todas as partes do país comemoram a decisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal - STF que por sete votos a dois ratificaram a constitucionalidade da Lei 11.738/2008 que regulamenta o Piso Salarial Profissional Nacional para os professores de educação básica da rede pública.
“Esse é um dia histórico para a luta do magistério brasileiro. A decisão do STF mostra que os trabalhadores em educação estavam com a razão ao defenderem que piso é vencimento inicial. Esse é momento dos gestores entenderem que piso é lei e a lei deve ser cumprida” disse Ângela de Melo, presidenta do SINTESE.
A decisão saiu depois de dois adiamentos e de uma sessão com quase cinco horas de duração. Sete dos nove ministros presentes a sessão deliberaram pela constitucionalidade do piso salarial e o mais marcante para os professores, eles julgaram que o piso salarial deve ser considerado como vencimento inicial. Com isso a Ação Direta de Inconstitucionalidade ADI 4167 impetrada pelos estados do Mato Grosso do Sul, Paraná, Ceará, Santa Catarina e Rio Grande do Sul foi considerada improcedente.
O posicionamento do STF terminou com uma espera de quase três anos do magistério para ver a efetiva aplicação da lei do piso. “A decisão do STF veio culminar uma vitória de 20 anos do magistério. Foi uma grande conquista e nos orgulha o voto do sergipano Carlos Brito. Ele mostrou qual o papel do estado na educação do seu povo”, disse Ana Lúcia.
Franklin Ribeiro
Franklin Ribeiro
Em Sergipe os professores lotaram as dependências da Sociedade Semear, em vigília promovida pelo SINTESE., para acompanhar na íntegra a votação. Para ajudar no compreensão do julgamento estiveram presentes os advogados Henri Clay Andrade, da Advocacia Operéria e Franklin Magalhães Ribeiro, coordenador do setor jurídico do SINTESE. “Foi uma excelente iniciativa do sindicato em realizar um evento como esse, para que os professores pudessem acompanhar de forma consciente. Foi muito importante do ponto de vista didático e pedagógico. Foi comovente para mim como advogado e como cidadão”, disse Henri Clay.
Henri Clay
Henri Clay
Voto dos ministros
Votaram pela manutenção da constitucionalidade da lei e pelo piso como vencimento inicial os ministros: Joaquim Barbosa (relator), Ricardo Lewandowski, Carmem Lúcia, Ellen Gracie, Celso de Mello, Carlos Ayres Brito (que presidiu a sessão).
Julgaram a Ação Direta de Inconstitucionalidade – ADI procedente, os ministros Gilmar Mendes e Marco Aurélio de Melo.
Jornada de Trabalho
Outro ponto que foi contestado pelos governadores que impetraram a ADI foi com a fixação da divisão da jornada de trabalho. Os governadores contestavam o dispositivo da lei que regulamentava que 1/3 da jornada de trabalho deve ser reservado para planejamento e atualização.
Nesse caso a votação foi mais apertada. Cinco ministros votaram pela manutenção do texto da lei. De acordo com informações publicadas pela assessoria de comunicação do STF e da Agência Brasil como não houve quórum para definir se esse ponto é ou não constitucional a votação deste item deve ocorrer na próxima semana.
Vale lembrar que esse aspecto da lei não tem repercussão em Sergipe, já que tanto a rede estadual quanto as redes municipais já estabelecem a jornada de trabalho nos termos da lei.
Assembleia
Nesta quinta, 07, às 9h o SINTESE realiza assembléia no Instituto Histórico e Geográfico. Na pauta: informes sobre a decisão do STF e do processo de negociação da campanha salarial 2011.

Nenhum comentário:

Sobre o que já postamos

BOQUIM SERGIPE piso professores GREVE prefeito sintese luta Brasil PISO SALARIAL vereadores Déda Jean câmara Aracaju Lagarto Pedrinhas STF 2012 2014 Alencar Amigos BLOCO CARREIRA DEPUTADOS LAGOA VERMELHA MP PNE PRE-CAJU Tribunal de Contas chile ditadura enterro escolas governo magistério mec micareta prefeitura prova 12 de junho 141anos 150 dias 1567 2010 2016 ADI AZAR Abelardo Romero Dantas Alô Associação BANDA LARGA BODE Bahia CAE CANDIDATO CLT CNBB Carmem Miranda Ciarlos Conae Copa do mundo Creches DIA DO BEIJO ESTADUAL EUA Edivaldo Educação Estado Estância FESTA FIFA HINO IBGE INTERNET Iluminação Interior José José Comblin LAN HOUSE Lula MARCELO DEDA MDE MICARETA 2012 México Natal OAB Obama PAREDÕES PRAÇA RCB RESISTÊNCIA SE SEXTA FEIRA 13 TV Tabaroinha Taxa UFS Zé Carioca acidente adefib ai se eu soubesse aliança angra 1 angra 2 aniversário anos arcaju argentina.brasil assembleia. assim você me mata atomicas atrasado aulas bardosa batismos campanha censura cidadania cidade concursado contratados copertalse cravo dança das cadeiras dem denúncia dia dos namorados direitos edil energia escravos esquerda estudantes expressão fhs floro frei betto fundação hospitalar de saúde globo golpe militar hegemonia humanos iran japão jovem jovens joão junho kw/h lei liberdade libertação livro líder manifestações merenda merendeira micareta 2011 morte médicos mídia nacional notas novela nucleares oposição pacientes padre pascoa pedro barbosa polícia militar política prefeitos presidente pt páscoa quaresma reforma republica riachão rojões santana sbt secretaria segurança pública sindipema smecelt tabela tarifas teologia da libertação trânsito universitários usinas verdade vereador vice violencia voto