quarta-feira, 4 de abril de 2012

DANÇA DAS CADEIRAS, HEGEMONIA E O REPÓRTER

foto: escreveretriste.com

De muitos artigos lidos, essa semana me chamou a atenção três autores... Vito Giannotti, o jornalista Cristian Góes (com ambos já tive o prazer de participar de cursos da militância sintesiana), e Frei Betto: três grandes vozes da Comunicação da resistência popular na luta pela Hegemonia da Comunicação.
 Faz-nos refletir Giannotti em RedesSociais e Hegemonia, no jornal Brasil de Fato nº474, o quanto ainda estamos tímidos em usar estes espaços como forma de resistência ao opressor. Quantos site e blogs  são realmente da voz do povo,do trabalhador boquinense, da juventude em prol do seu direito a lazer, estudo e trabalho.
O repórter, o assessor, o públicoconto fictício de Góes, nos lembra de como ocultam as verdades ou nos direcionam suas verdades, uma realidade nada distante de nossa Boquim (SE). Que dizem os meios de comunicação sobre os fatos de nossa cidade? Até onde existe a imparcialidade nos comentários, avisos lidos e as defesas a uma ação administrativa (independente de quem esteja na gestão municipal).  

“A vida não reserva a ninguém cadeira cativa”. Assim começa o frei em Dança das Cadeiras, publicado no mesmo jornal Brasil de Fato. Ele faz um raio-x histórico desde o Imperador Romano César, o Terceiro Reich,  D. Pedro II, a Ditadura Militar,  quedas e renuncias na CBF e no Congresso e na Câmara dos Deputados. A quem estamos dando poderes para legislar nossa cidade? A quem estamos colocando confiança na Câmara de Vereadores de Boquim, e como Prefeito? Como estes escolhidos pelo voto usam o poder constituído para o bem da sociedade boquinense? Como eles vêm o nosso patrimônio publico,cultural e histórico, nossa juventude, nossas crianças, idosos, a educação, saúde e segurança? – a mesma pergunta vai para aqueles que querem desfrutar do mesmo PODER.
Na dança da berlinda política vimos e vemos (ainda) aliados indo para o lado de lá, e adversários se aproximarem do lado de cá... Há quem diga: é natural na nova dinâmica política! Frei Betto resume nosso cenário político: “Tudo é feito à base do toma lá dá cá. Em moeda Eleitoral. O governo quer votos; o aliado quer verbas e mais poder”.  (E o povo?)
Cabe a nós quem empoderar.
Usaremos nossa Democracia em benefício próprio ou fortaleceremos a  participação do povão nas decisões pela coletividade?



José de Jesus  Santos - Professor da Rede Publica  Municipal de Boquim/SE

Nenhum comentário:

Sobre o que já postamos

BOQUIM SERGIPE piso professores GREVE prefeito sintese luta Brasil PISO SALARIAL vereadores Déda Jean câmara Aracaju Lagarto Pedrinhas STF 2012 2014 Alencar Amigos BLOCO CARREIRA DEPUTADOS LAGOA VERMELHA MP PNE PRE-CAJU Tribunal de Contas chile ditadura enterro escolas governo magistério mec micareta prefeitura prova 12 de junho 141anos 150 dias 1567 2010 2016 ADI AZAR Abelardo Romero Dantas Alô Associação BANDA LARGA BODE Bahia CAE CANDIDATO CLT CNBB Carmem Miranda Ciarlos Conae Copa do mundo Creches DIA DO BEIJO ESTADUAL EUA Edivaldo Educação Estado Estância FESTA FIFA HINO IBGE INTERNET Iluminação Interior José José Comblin LAN HOUSE Lula MARCELO DEDA MDE MICARETA 2012 México Natal OAB Obama PAREDÕES PRAÇA RCB RESISTÊNCIA SE SEXTA FEIRA 13 TV Tabaroinha Taxa UFS Zé Carioca acidente adefib ai se eu soubesse aliança angra 1 angra 2 aniversário anos arcaju argentina.brasil assembleia. assim você me mata atomicas atrasado aulas bardosa batismos campanha censura cidadania cidade concursado contratados copertalse cravo dança das cadeiras dem denúncia dia dos namorados direitos edil energia escravos esquerda estudantes expressão fhs floro frei betto fundação hospitalar de saúde globo golpe militar hegemonia humanos iran japão jovem jovens joão junho kw/h lei liberdade libertação livro líder manifestações merenda merendeira micareta 2011 morte médicos mídia nacional notas novela nucleares oposição pacientes padre pascoa pedro barbosa polícia militar política prefeitos presidente pt páscoa quaresma reforma republica riachão rojões santana sbt secretaria segurança pública sindipema smecelt tabela tarifas teologia da libertação trânsito universitários usinas verdade vereador vice violencia voto