quarta-feira, 8 de agosto de 2012

ESCOLAS SERGIPANAS REJEITAM O ÍNDICE GUIA

Em alguns encontros promovidos pela SEED alunos, pais e professores tem gritado não a essa política privatista do governo num coro só: "EDUCAÇÃO NÃO É MERCADORIA...FORA MARES GUIA!" 

Está aprovado que a Avaliação de Desempenho que Governo Déda quer impor em Sergipe NÃO deu certo nos Estados Unidos.

 Desde que o Governador Marcelo Déda trouxe o Mares Guia Sergipe para seu o plano de "Privatizar" o Ensino Público, escolas da rede estadual estão reprovando o Índice Guia de Avaliação de Desempenho que em seu corpo transformará a escola pública em uma mera entidade prestadora de serviço. Além de transformar o plano e carreira do magistério atual num plano meritocrático, expõe alunos, coordenadores, diretor e professores além de colocar um contra o outro. Também não respeita a autonomia da escola, nem do corpo docente e desrespeita os projetos escolares.
O Mares Guia e seu irmão estão envolvidos numa série de escândalos, são acusados de desvio e lavagem de dinheiro em Minas Gerais, tanto na Secretaria de Estado da Educação, quanto em prefeituras.  O esquema foi denunciado pelo Ministério Público.

Veja algumas que já disseram não: 

C.E.  FRANCISCO ROSA - ARACAJU
C.E. ALMIRANTE TAMANDARÉ - N.S. DE LOURDES
C.E. DJENAL QUEIROZ - ARACAJU
C.E. EDELZIO VIEIRA DE MELO - CAPELA
C.E. IRMÃ MARIA CLEMENCIA - CAPELA
C.E. FELISBELO FREIRE - ITAPORANGA
C.E. LUCILA MORAES - ARACAJU
C.E. FRANCISCO ROSA- ARACAJU


"Não há obrigação
Vale ressaltar que apesar dos diretores das escolas terem assinado o “Compromisso de Gestão” não significa que os professores sejam obrigados a adotá-lo. “Os professores não têm nenhuma obrigação legal de cumprir algo que foi assinado pela direção da escola sem uma discussão com a comunidade escolar”, aponta do diretor do departamento de Base Estadual do SINTESE, Roberto Silva dos Santos.
Outro ponto importante é questionar como as escolas podem assinar um compromisso de gestão com a Secretaria de Estado da Educação se elas são órgãos da própria SEED. Essa só é mais uma prova de que o Estado busca, com a imposição deste tipo de avaliação, se desobrigar de suas ações no processo de garantia de uma educação de qualidade social". (site: SINTESE)

Nenhum comentário:

Sobre o que já postamos

BOQUIM SERGIPE piso professores GREVE prefeito sintese luta Brasil PISO SALARIAL vereadores Déda Jean câmara Aracaju Lagarto Pedrinhas STF 2012 2014 Alencar Amigos BLOCO CARREIRA DEPUTADOS LAGOA VERMELHA MP PNE PRE-CAJU Tribunal de Contas chile ditadura enterro escolas governo magistério mec micareta prefeitura prova 12 de junho 141anos 150 dias 1567 2010 2016 ADI AZAR Abelardo Romero Dantas Alô Associação BANDA LARGA BODE Bahia CAE CANDIDATO CLT CNBB Carmem Miranda Ciarlos Conae Copa do mundo Creches DIA DO BEIJO ESTADUAL EUA Edivaldo Educação Estado Estância FESTA FIFA HINO IBGE INTERNET Iluminação Interior José José Comblin LAN HOUSE Lula MARCELO DEDA MDE MICARETA 2012 México Natal OAB Obama PAREDÕES PRAÇA RCB RESISTÊNCIA SE SEXTA FEIRA 13 TV Tabaroinha Taxa UFS Zé Carioca acidente adefib ai se eu soubesse aliança angra 1 angra 2 aniversário anos arcaju argentina.brasil assembleia. assim você me mata atomicas atrasado aulas bardosa batismos campanha censura cidadania cidade concursado contratados copertalse cravo dança das cadeiras dem denúncia dia dos namorados direitos edil energia escravos esquerda estudantes expressão fhs floro frei betto fundação hospitalar de saúde globo golpe militar hegemonia humanos iran japão jovem jovens joão junho kw/h lei liberdade libertação livro líder manifestações merenda merendeira micareta 2011 morte médicos mídia nacional notas novela nucleares oposição pacientes padre pascoa pedro barbosa polícia militar política prefeitos presidente pt páscoa quaresma reforma republica riachão rojões santana sbt secretaria segurança pública sindipema smecelt tabela tarifas teologia da libertação trânsito universitários usinas verdade vereador vice violencia voto