quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Em respeito aos pais e carinho as crianças, adolescentes e jovens e adultos professores suspendem paralisação

O SINTESE  sempre  denunciou e  protocolou no Ministério Público vários  problemas das escolas municipais como na estrutura, nas salas de informáticas, a internet nas escolas, mobiliário para o estudante e professor, refeitórios, troca das caixas d’água de amianto (material cancerígeno), adaptação a acessibilidade, adequação das dispensas e  cantinas o cuidado com as cisternas onde muitas resultaram na assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta assinado pelo prefeito Jean de  inicio de 2013.
Alem de buscar propor a implantação do projeto da Escola  Democrática e Popular, da retomada da Gestão Democrática, das Oficinas Pedagógicas onde os professores poderiam trocar suas experiências de forma a complementar os planejamentos pedagógicos.
Apesar destas atividades serem feitas a gestão municipal tem construído ao longo do ano passado e tentado continuar em 2014 a política do copo raso para dificultar as negociações do reajuste do piso salarial já defenido pelo MEC desde 2013, e ficou devendo os passivos trabalhistas do ano anterior e mais um agora neste ano o 1/3 ferial e o 13º dos professores.
Tais atitudes do prefeito Jean Carlos fizeram os docentes paralisarem suas atividades, ocuparem as emissoras e fazerem vigília na prefeitura para informar a população das dificuldades geradas pelo gestor municipal.

No dia 12(quarta-feira) na Escola Municipal Dep. Joaldo Barbosa  para avaliarem o movimento paredista pela luta das dívidas trabalhistas do prefeito Jean Carlos a categoria. Na avaliação os professores de Boquim perceberam e analisaram todas as tentativas do prefeito em jogar a sociedade contra os professores.
O prefeito não atendeu a comissão do SINTESE em Boquim e enviou oficio a presidente Ângela para confirmar apenas que pagou o 1/3 e o 13º sem dar perspectiva de reunião como o sindicato.
Diante de várias analises esse tipo de comportamento do prefeito só prejudica o vínculo de diálogo com o movimento sindical para as negociações e debates sobre uma construção de uma educação pública municipal de qualidade social.
CONTUDO em respeito aos pais e carinho as crianças, adolescentes e jovens e adultos que acreditam na escola pública gratuita e de qualidade social os professores resolveram retornar as aulas na quinta-feira, dia 13.
Durante o retorno cobram  O DIÁLOGO COM O PREFEITO JEAN CARLOS PARA DISCUTIR O PAGAMENTO DAS SUAS DIVIDAS TRABALHISTAS COM A CATEGORIA, POIS O PREFEITO AINDA DEVE AOS PROFESSORES:
· O REAJUSTE DO PISO DE 2014;
· 05 MESES DO RETROATIVO DO PISO DE 2013;
· O AUXILIO TRANSPORTE DOS PROFESSORES;
· E ANTECIPAR A REUNIÃO DO DIA 28 DE FEVEREIRO.







Nenhum comentário:

Sobre o que já postamos

BOQUIM SERGIPE piso professores GREVE prefeito sintese luta Brasil PISO SALARIAL vereadores Déda Jean câmara Aracaju Lagarto Pedrinhas STF 2012 2014 Alencar Amigos BLOCO CARREIRA DEPUTADOS LAGOA VERMELHA MP PNE PRE-CAJU Tribunal de Contas chile ditadura enterro escolas governo magistério mec micareta prefeitura prova 12 de junho 141anos 150 dias 1567 2010 2016 ADI AZAR Abelardo Romero Dantas Alô Associação BANDA LARGA BODE Bahia CAE CANDIDATO CLT CNBB Carmem Miranda Ciarlos Conae Copa do mundo Creches DIA DO BEIJO ESTADUAL EUA Edivaldo Educação Estado Estância FESTA FIFA HINO IBGE INTERNET Iluminação Interior José José Comblin LAN HOUSE Lula MARCELO DEDA MDE MICARETA 2012 México Natal OAB Obama PAREDÕES PRAÇA RCB RESISTÊNCIA SE SEXTA FEIRA 13 TV Tabaroinha Taxa UFS Zé Carioca acidente adefib ai se eu soubesse aliança angra 1 angra 2 aniversário anos arcaju argentina.brasil assembleia. assim você me mata atomicas atrasado aulas bardosa batismos campanha censura cidadania cidade concursado contratados copertalse cravo dança das cadeiras dem denúncia dia dos namorados direitos edil energia escravos esquerda estudantes expressão fhs floro frei betto fundação hospitalar de saúde globo golpe militar hegemonia humanos iran japão jovem jovens joão junho kw/h lei liberdade libertação livro líder manifestações merenda merendeira micareta 2011 morte médicos mídia nacional notas novela nucleares oposição pacientes padre pascoa pedro barbosa polícia militar política prefeitos presidente pt páscoa quaresma reforma republica riachão rojões santana sbt secretaria segurança pública sindipema smecelt tabela tarifas teologia da libertação trânsito universitários usinas verdade vereador vice violencia voto