terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Como seu antecessor o prefeito Jean Carlos foi reprovado pelo Segundo ano

Comparando os dois primeiros anos da segunda gestão do ex-prefeito Pedro Barbosa e os dois primeiros do prefeito Jean Carlos vemos que o legado da repetência tem sido o destino do gestor municipal atual na Educação municipal de Boquim.

Assim como seu antecessor o prefeito Jean Carlos baixou ainda mais a nota comparada com o ano anterior (de 4,2 para 3,0) ratificando sua Reprovação diante do Magistério Público Municipal nas 05 questões apresentadas na PROVA FINAL 2014, assim analisadas:

  1. Valorização Profissional:
  •          Criou decreto cortando direitos (que logo foi extinto)
  •          Não foi pago direitos trabalhistas após muita luta e pressão do Ministério Público;
  •          Retirou o direito de auxilio transporte dos professores da Jacomildes e da Manoel Candido;
  •          Criou critérios de pagamento por categoria;
  •          Atrasou salários, parte do 13º e o sexto de férias;
  •          O prefeito em sua gestão deve 08 meses de retroativo do piso aos professores (05meses em 2013 e 03 ainda em 2014)

  1. Gestão Democrática;
·         Foi feita uma minuta que está sendo analisada por uma comissão paritária – após muitas discussões para sua implementação;
  1. Política educacional e a qualidade social do ensino:
  •          Após muita denuncia do SINTESE ao MP e ao TCE o prefeito assinou um TAG (Termo de Ajustamento de Gestão, sujeito a multa de até 10 mil reais caso descumpra) no Tribunal de Contas de Sergipe para por em 120 dias os laboratórios de informática nas escolas para funcionar;
  •          Os professores e o SINTESE esperam que a Secretaria de Educação seja uma pasta independente para cuidar somente da Educação;
  •          O sindicato defende que haja uma política de formação para atender a real demanda das escolas da rede municipal;
  •          O SINTESE junto aos professores pede que exista o Congresso Municipal de Educação;
  •            Além de deixar passar a oportunidade de se construir uma escola modelo (de três milhões de reais) no povoado Olhos D’Água

  1. Garantia de direitos do Plano de Carreira e Estatuto:
·         O prefeito em junho deste ano foi à tribuna da Câmara referir como Problema o Plano de Carreira dos professores, exortando os vereadores a entrar na Cruzada contra os direitos dos docentes,

5.     Condições de trabalho:
 Após várias denuncias ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas do Estado de Sergipe escolas foram reformadas como a:

·         Luiz Garcia (pov. Muriçoca),
·         Profº Cornélio (pov. Taboca),
·         João José (pov. Romão)

Todas passaram por reformas estruturantes para melhorar o ambiente de aprendizado e melhores condições de trabalho aos docentes e demais trabalhadores da escola.  A escola Geminiano Fonseca (pov. Garangau) ainda está em reforma, também após muitas denuncias dos professores e do sindicato.


Como aconteceu com  seu antecessor o prefeito Jean Carlos baixou ainda mais a nota (em 2013 de  4,2 para 3,0 em 2014) admitindo sua Reprovação diante do Magistério Público Municipal de Boquim.

Nenhum comentário:

Sobre o que já postamos

BOQUIM SERGIPE piso professores GREVE prefeito sintese luta Brasil PISO SALARIAL vereadores Déda Jean câmara Aracaju Lagarto Pedrinhas STF 2012 2014 Alencar Amigos BLOCO CARREIRA DEPUTADOS LAGOA VERMELHA MP PNE PRE-CAJU Tribunal de Contas chile ditadura enterro escolas governo magistério mec micareta prefeitura prova 12 de junho 141anos 150 dias 1567 2010 2016 ADI AZAR Abelardo Romero Dantas Alô Associação BANDA LARGA BODE Bahia CAE CANDIDATO CLT CNBB Carmem Miranda Ciarlos Conae Copa do mundo Creches DIA DO BEIJO ESTADUAL EUA Edivaldo Educação Estado Estância FESTA FIFA HINO IBGE INTERNET Iluminação Interior José José Comblin LAN HOUSE Lula MARCELO DEDA MDE MICARETA 2012 México Natal OAB Obama PAREDÕES PRAÇA RCB RESISTÊNCIA SE SEXTA FEIRA 13 TV Tabaroinha Taxa UFS Zé Carioca acidente adefib ai se eu soubesse aliança angra 1 angra 2 aniversário anos arcaju argentina.brasil assembleia. assim você me mata atomicas atrasado aulas bardosa batismos campanha censura cidadania cidade concursado contratados copertalse cravo dança das cadeiras dem denúncia dia dos namorados direitos edil energia escravos esquerda estudantes expressão fhs floro frei betto fundação hospitalar de saúde globo golpe militar hegemonia humanos iran japão jovem jovens joão junho kw/h lei liberdade libertação livro líder manifestações merenda merendeira micareta 2011 morte médicos mídia nacional notas novela nucleares oposição pacientes padre pascoa pedro barbosa polícia militar política prefeitos presidente pt páscoa quaresma reforma republica riachão rojões santana sbt secretaria segurança pública sindipema smecelt tabela tarifas teologia da libertação trânsito universitários usinas verdade vereador vice violencia voto