terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Prefeito de Boquim na ultima hora retira o Projeto de Iluminação Pública


Na ultima sessão (dia 30/12/14) antes da posse do novo presidente da Câmara Municipal de Boquim/SE, foi colocada para votação projetos de lei enviados pelo prefeito Jean Carlos em véspera natalina.

Após muitas reuniões internas a sessão começou na presença de representantes da sociedade civil organizada, membros do MST, servidores, pessoas do ramo empresarial, o presidente do diretório municipal do PT em Boquim – Chicão Almeida, Gustavo, Paulinho, membros da JPT (na pessoa do jovem Gilberto), professores e representantes do SINTESE.

A presença na Casa se deu por conta da votação do projeto de lei nº 20 que cria uma taxa de iluminação pública que varia até R$ 224,92, sendo reajustada toda vez que haja aumento na tarifa de energia elétrica – em 2015 há previsões de aumento em 8%.

Nos bastidores o clima indicava que o PL nº 20 seria aprovado com o voto do vereador da oposição Josevan do Pastor. Mas ao iniciar a sessão após leitura da ata o presidente Maciel informou ao Chicão Almeida que não seria possível ele conceder espaço para o petista falar sobre o projeto em pauta segundo o regimento da casa.

O primeiro a falar foi o vereador José Raimundo, o Duca dos Olhos D’Água, que lamentou alguns comentários na internet que adjetivam de forma negativa dos vereadores, sobre o projeto ele poderia até pedir visto, ou votar contra, lembra ainda que o presidente Maciel poderia se quisesse colocar para os vereadores decidirem se Chicão falasse ou não – o que não ocorreu.

O líder do prefeito na câmara tendo o tempo estendido por duas vezes, uma por Josevan do Pastor e outra por Silvio tentou expor a necessidade de aprovação do projeto. Em alguns momentos o líder ainda parecia ironizar e provocar os presentes.

O terceiro a falar foi o vereador Eraldo de Cabeça Dantas que de pronto deixou claro que não aprovaria o projeto, não por ser apenas da oposição, mas porque do projeto em si ele discorda em cobrar mais da população para que a prefeitura melhore a iluminação publica. Alem de votar contrário ele deixou claro que pediria visto.

O vereador Nivaldo da Bala teceu comentário sobre a decisão de Eraldo em querer pedir visto afirmando esperar que a atitude do edil tivesse sido pensada por ele mesmo, supondo que poderia ter sido influenciado “por um grupo que não deu certo”.  


Em seguida o presidente da Câmara recebeu um oficio da prefeitura municipal solicitando a retirada do polemico projeto com a justificativa de melhor estudá-lo.  

Nenhum comentário:

Sobre o que já postamos

BOQUIM SERGIPE piso professores GREVE prefeito sintese luta Brasil PISO SALARIAL vereadores Déda Jean câmara Aracaju Lagarto Pedrinhas STF 2012 2014 Alencar Amigos BLOCO CARREIRA DEPUTADOS LAGOA VERMELHA MP PNE PRE-CAJU Tribunal de Contas chile ditadura enterro escolas governo magistério mec micareta prefeitura prova 12 de junho 141anos 150 dias 1567 2010 2016 ADI AZAR Abelardo Romero Dantas Alô Associação BANDA LARGA BODE Bahia CAE CANDIDATO CLT CNBB Carmem Miranda Ciarlos Conae Copa do mundo Creches DIA DO BEIJO ESTADUAL EUA Edivaldo Educação Estado Estância FESTA FIFA HINO IBGE INTERNET Iluminação Interior José José Comblin LAN HOUSE Lula MARCELO DEDA MDE MICARETA 2012 México Natal OAB Obama PAREDÕES PRAÇA RCB RESISTÊNCIA SE SEXTA FEIRA 13 TV Tabaroinha Taxa UFS Zé Carioca acidente adefib ai se eu soubesse aliança angra 1 angra 2 aniversário anos arcaju argentina.brasil assembleia. assim você me mata atomicas atrasado aulas bardosa batismos campanha censura cidadania cidade concursado contratados copertalse cravo dança das cadeiras dem denúncia dia dos namorados direitos edil energia escravos esquerda estudantes expressão fhs floro frei betto fundação hospitalar de saúde globo golpe militar hegemonia humanos iran japão jovem jovens joão junho kw/h lei liberdade libertação livro líder manifestações merenda merendeira micareta 2011 morte médicos mídia nacional notas novela nucleares oposição pacientes padre pascoa pedro barbosa polícia militar política prefeitos presidente pt páscoa quaresma reforma republica riachão rojões santana sbt secretaria segurança pública sindipema smecelt tabela tarifas teologia da libertação trânsito universitários usinas verdade vereador vice violencia voto