terça-feira, 28 de maio de 2013

Prazo para municípios divulgarem informações terminou dia 27

texto e fonte: portal INFONET

Lei da Transparência: TCE vai notificar prefeituras
Prazo para municípios divulgarem informações termina hoje
Dados de Tobias Barreto só foram atualizados até setembro do ano passado(Fotos: Print do site)
Hoje, 27, é último dia para que todas as prefeituras com menos de 50 mil habitantes divulgue todos os dados relativos às suas receitas e despesas, em tempo real, na internet. Entretanto, em Sergipe esta determinação não foi obedecida e entre os 20 municípios sergipanos mais populosos pesquisados pela reportagem do Portal Infonet apenas 12 possuem links para sites de transparência em suas páginas oficiais na internet. O serviço, contudo, não existe, as informações não são claras ou não atendem a lei. As outras oito cidades sequer possuem site ou link. Por conta disso, o Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE) irá notificar todos os municípios que não cumpriram a determinação da Lei Complementar 131, de 2009.
Esta legislação, de 2009, obriga a criação dos portais de transparência, para que a população saiba como está sendo usado o dinheiro público. A lei se aplica ao Governo Federal, todos os Estados e Municípios. As informações, no entanto, têm que estar pormenorizadas e de fácil interpretação.  Pela lei, as prefeituras com mais de mil habitantes tiveram o prazo de um ano para implantar o site, dois anos para as prefeituras com mais de 50 mil e até a data de hoje (27.05.13) para aquelas que possuem menos de 50 mil habitantes.
Punições
Em Aracaju as atualizões não correspondem ao que pede a Lei da Transparência
Os municípios que descumprirem a lei irão sentir os efeitos da punição nos cofres da prefeitura, que ficará impedida de receber recursos do Governo Federal via convênios e de contrair empréstimos. A punição, entretanto, não aconteceu para as prefeituras com mais de 50 mil habitantes, que deveriam ter cumprido a lei até 2011.

TCE
Em entrevista ao Portal Infonet, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Carlos Alberto Sobral de Souza, ressaltou que os municípios têm que cumprir a lei e garante que os mesmos serão notificados e receberão as sanções, caso não cumpram com o determinado. “A lei de Transparência deve ser obedecida. O Tribunal de Contas tem o seu portal aberto e lá estão disponíveis tudo que é repassado. Os municípios, no entanto, têm a obrigação de fazer da mesma forma o seu portal de transparência”, enfatizou.
Ainda Segundo Sobral, o assunto será pauta de discussão no plenário. “Levarei a questão aos plenários, pois os municípios que possuem mais de 50 mil habitantes devem cumprir a lei. O TCE vai realizar as fiscalizações  para verificar se esses municípios estão cumprindo a lei da transparência”, garantiu.
Sanções
Em Nossa Senhora do Socorro os site não funciona
Para o presidente do TCE, não criar o site pode gerar sanções e as prefeituras ficarão sem os recursos federais. “O gestor poderá ser sancionado com multas e o que dói mais no cidadão é o bolso. O tribunal fará as auditorias para sancionar e se for o caso esses municípios, serão penalizados. Porém quem está em mora pode se estabelecer um prazo mínimo para regularizar. Eles serão notificados e a partir do não cumprimento dessa notificação, a sanção ocorrerá”, afirmou.
Clareza
Os sites dos municípios sergipanos, pesquisados pelo Portal, em sua maioria não disponibilizam com clareza os gastos e receitas por secretaria. Não foi possível identificar ainda, os valores unitários da contratação de serviços e produtos, o que dificulta identificar se houve superfaturamento.
Para o consultor em contas públicas, fundador e secretário-geral da ONG Contas Abertas, Gil Castelo Branco, o não cumprimento do prazo era algo previsível. Ele explica que as prefeituras tiveram 4 anos para se adequar, já que a lei é de 2009. Para ele, os municípios utilizam o jogo do empurra para justificar fato de não criarem o site. “Isso acaba sendo um jogo de empurra, já que eles atribuem a culpa para a outra gestão. Contudo, a lei precisa ser cumprida. Criar um site como esse é algo muito simples de se fazer, as prefeituras já têm essas informações, mas os políticos gostam de transparência nos governos adversários”, disse Gil em entrevista ao Portal.
Presidente do TCE Carlos Alberto Sobral de Souza diz que aplicará sanções (Foto: Portal Infonet)
Gil Castelo Branco explica que as prefeituras recorreram a empresas que surgiram após à aprovação da lei e faturaram com a lei da transparência. Segundo Gil, as empresas desenvolveram um único sistema e venderam para as prefeituras. “Essas empresas irão superfaturar já que as prefeituras irão agora buscar empresas, através de licitação, para adequar-se à lei”, afirma.
Pesquisa
No site da Prefeitura de Aracaju possui um quadro de despesas de contas, mas as mesmas são de 2012 e não estão de acordo com o que manda a Lei. A assessoria de comunicação da Prefeitura informou que a Secretaria Municipal do Planejamento e Orçamento (Seplan) já está desenvolvendo o site transparência.
Em Nossa Senhora do Socorro existe um link voltado para a transparência, mas o mesmo não funciona. A prefeitura do município informou que os dados são atualizados diariamente e garantiu que irá identificar o erro na página.
Confira os nomes das 20 cidades sem portais, com sites que não funcionam ou sem informações da Transparência: Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, São Cristovão, Lagarto, Itabaiana, Tobias Barreto, Simão Dias, Itabaianinha, Nossa Senhora da Glória, Poço Redondo, Capela, Itaporanga D´Ajuda, Propriá, Porto da Folha, Laranjeiras, Boquim, Barra dos Coqueiros, Canindé de São Francisco e Nossa Senhora das Dores.
A reportagem do Portal Infonet ouviu duas prefeituras, mas está à disposição caso as demais queiram se pronunciar  através do e-mail jornalismo@infonet.com.br ou 2106-8000.
Por Eliene Andrade

4 comentários:

José Augusto Boquim disse...

O povo é de fato, o maior beneficiado com a transparência de receitas e despesas geradas pelos órgãos públicos.

José Augusto Boquim disse...

O prazo para os municípios se transparecerem passou e agora, serão punidos?

Ana disse...

Como posso entrar em contato com o autor deste blog?

RCPS - Rede de Comunicadores Populares do SINTESE disse...

Ana você envie email para boquim_se@yahoo.com.br deixe seu numero e
entraremos em contato

Sobre o que já postamos

BOQUIM SERGIPE piso professores GREVE prefeito sintese luta Brasil PISO SALARIAL vereadores Déda Jean câmara Aracaju Lagarto Pedrinhas STF 2012 2014 Alencar Amigos BLOCO CARREIRA DEPUTADOS LAGOA VERMELHA MP PNE PRE-CAJU Tribunal de Contas chile ditadura enterro escolas governo magistério mec micareta prefeitura prova 12 de junho 141anos 150 dias 1567 2010 2016 ADI AZAR Abelardo Romero Dantas Alô Associação BANDA LARGA BODE Bahia CAE CANDIDATO CLT CNBB Carmem Miranda Ciarlos Conae Copa do mundo Creches DIA DO BEIJO ESTADUAL EUA Edivaldo Educação Estado Estância FESTA FIFA HINO IBGE INTERNET Iluminação Interior José José Comblin LAN HOUSE Lula MARCELO DEDA MDE MICARETA 2012 México Natal OAB Obama PAREDÕES PRAÇA RCB RESISTÊNCIA SE SEXTA FEIRA 13 TV Tabaroinha Taxa UFS Zé Carioca acidente adefib ai se eu soubesse aliança angra 1 angra 2 aniversário anos arcaju argentina.brasil assembleia. assim você me mata atomicas atrasado aulas bardosa batismos campanha censura cidadania cidade concursado contratados copertalse cravo dança das cadeiras dem denúncia dia dos namorados direitos edil energia escravos esquerda estudantes expressão fhs floro frei betto fundação hospitalar de saúde globo golpe militar hegemonia humanos iran japão jovem jovens joão junho kw/h lei liberdade libertação livro líder manifestações merenda merendeira micareta 2011 morte médicos mídia nacional notas novela nucleares oposição pacientes padre pascoa pedro barbosa polícia militar política prefeitos presidente pt páscoa quaresma reforma republica riachão rojões santana sbt secretaria segurança pública sindipema smecelt tabela tarifas teologia da libertação trânsito universitários usinas verdade vereador vice violencia voto